TratBem Blog – Tratbem

O seu canal de interação com o Tratbem

Relação entre fatores culturais e o uso do cigarro

Atualmente, faz-se necessário ponderar o uso e o abuso do cigarro em uma esfera interdisciplinar, no campo da saúde pública. Para compreendermos os fenômenos que envolvem o vício ao tabaco, devemos considerar inúmeros aspectos interligados em sua determinação. Desse modo, fatores psicológicos, sociais, biológicos, e, também questões socioeconômicas, educacionais e culturais, são relevantes para a instalação e manutenção desse uso.kart-cigarros-2

Nessa postagem, focamos no fator cultural, visto que, por muitos séculos, o tabaco foi difundido como possuidor de propriedades medicinais, capaz de curar doenças, como reumatismo, doenças do fígado e intestino (BRASIL, 2001). Em 1964, estudos médicos sobre o tabaco, consideravam-no um estilo de vida, um símbolo relacionado a status e independência na sociedade, e não um vício.

Portanto, fumar era, até pouco tempo, um ato estimulado pela propaganda, não sendo os tabagistas foco de atenção dos programas de saúde pública. No entanto, hoje, o tabagismo é considerado, pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), como uma doença, resultante da dependência à substância nicotina.

Fonte: http://www.siiepe.ufsc.br/wp-content/uploads/2013/10/I-Bortoli.pdf.

Foto: Divulgação.

Por Nayara Nogueira – Psicóloga do TratBem.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *