TratBem Blog – Tratbem

O seu canal de interação com o Tratbem

Há 5 anos o Brasil tomou a decisão de banir aditivos no cigarro

Há cinco anos, o Brasil tomou a corajosa decisão de banir aditivos no cigarro. Existem provas científicas de que esses aditivos, que dão sabor ao tabaco, ajudam a viciar, disfarçando o gosto do cigarro. As vítimas são principalmente os mais jovens.

2414256994_fb3437363b_zNo entanto, a resolução da Anvisa continua sem valer. Não chegou a ter efeito nem mesmo por um dia. A indústria do cigarro, que mata milhares de pessoas por ano, conseguiu matar também a regulação que salvaria essas vidas.

A resolução 14/2012 da Anvisa foi alvo de todo tipo de política rasteira da indústria do cigarro. Para começar, tentaram adiar o quanto puderam a audiência pública sobre o tema.

Mandaram centenas de milhares de “contribuições” à resolução só para dificultar o trabalho de seleção: na maioria, envelopes vazios ou com as mesmas propostas repetidas.

Como supostamente eram milhares de pessoas contribuindo (embora quase tudo viesse do mesmo endereço), exigiram que a audiência pública fosse adiada e transferida para um ginásio. A todas essas, a Anvisa manteve a calma.

Depois que a regulamentação finalmente passou, a indústria foi à Justiça e conseguiu uma liminar que há quatro anos impede a retirada dos cigarros com aditivos do mercado. Isso apesar de estudos provarem que esses aditivos são cancerígenos e de o país ter se comprometido internacionalmente a fazer algo sobre o tema.

Se os dados das campanhas antifumo estiverem certos, de 2012 até 2016, 1 milhão de pessoas podem ter morrido no Brasil em decorrência dos efeitos do cigarro. E sabe-se lá quantos jovens começaram a fumar cigarros com adição de açúcar, menta e outros sabores, sem saber o que lhes espera.

Fonte: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/agencianoticias/site/home/noticias/2017/ha-5-anos-lobby-do-cigarro-consegue-evitar-retirada-de-aditivos-cancerigenos-no-brasil

Publicado por Isabele Assunção, psicóloga TratBem.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *