TratBem Blog – Tratbem

O seu canal de interação com o Tratbem

Dia Mundial sem Tabaco 2015: eliminar o comércio ilegal de produtos de tabaco

915083650516b1ff4a73cb3_90776932-e1432746246798No dia 31 de maio se comemora o Dia Mundial sem Tabaco. A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e seus parceiros mundiais lideram a campanha, que em 2015 tem como tema a eliminação do comércio ilegal de produtos de tabaco e ressaltar os riscos associados ao uso do tabaco, defendendo políticas efetivas para reduzir seu consumo. Em muitos aspectos, como o da saúde, legal e econômico, de governança e corrupção, o comércio ilegal de produtos de tabaco é uma preocupação global.

O mercado ilegal de tabaco domina dez por cento dos cigarros consumidos mundialmente, de acordo com dados dos sistemas de controle de alfândega internacionais. A Comissão Europeia, por exemplo, estima que o mercado ilegal de cigarros custe à União Europeia e seus Estados Membros mais de €10 milhões anualmente em impostos e taxas alfandegárias não arrecadados.

Mensagens ao público

O comércio ilegal de produtos de tabaco é prejudicial à sua saúde e seus interesses. Saiba por que:

  • Produtos ilegais levam jovens a experimentar e usar tabaco pois são financeiramente mais acessíveis. Estes produtos também enganam jovens consumidores por não exibir mensagens de aviso sobre os problemas de saúde que eles causam, e também por usar crianças em atividades de venda ilegal.
  • O comércio ilegal impede a coleta de impostos pelos governos, que poderiam ser gastos em serviços públicos ao invés de ser direcionados para as mãos de criminosos.
  • O comércio ilegal fortalece a corrupção e prejudica a boa governança.
  • As empresas de tabaco são conhecidas por usar brechas nos sistemas de governança de controle do tabaco e ingressar no comércio ilegal de produtos.

Fatos sobre o tabaco

  • O tabaco mata até 50% de seus usuários.
  • As mortes atribuídas ao uso de tabaco somam 6 milhões por ano mundialmente. Destas, mais de 5 milhões resultam do uso direto do tabaco, enquanto que dez por cento, ou 600 mil mortes são causadas a fumantes passivos, que inalam a fumaça do cigarro de outros. Se não forem tomadas medidas drásticas, o número de mortes por uso de tabaco pode chegar a 8 milhões por ano em 2030.
  • Aproximadamente 80% dos 1 bilhão de fumantes vivem em países de baixa e média renda.

FONTE:http://www.paho.org/bireme/index.php?option=com_content&view=article&id=292%3Adia-mundial-sem-tabaco-2015-eliminar-o-comercio-ilegal-de-produtos-de-tabaco&catid=15%3Aops-wdc&Itemid=73&lang=pt

FOTO: Divulgação.

POSTADO POR: Nayara Nogueira – Psicóloga do Tratbem.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *