TratBem Blog – Tratbem

O seu canal de interação com o Tratbem

Pensamento como aliado!

pensar

Relatos de ex-fumantes geralmente contemplam informações referentes à dificuldade que é abdicar de um hábito tão “companheiro e amigo”. No entanto, passado algum tempo e superado a abstinência, a maioria revela as benesses de se abrir mão de um aliado que de amigo não tem nada.

Comentários diversos estimulam aqueles que um dia pensam que não conseguirão nunca eliminar o cigarro, como: “O primeiro fim de semana foi terrível e para me ocupar fiquei arrumando os armários de casa. O primeiro mês também foi o mais difícil. Eu comia chocolate feito doido; engordei uns 5 quilos. Mas depois fui me acalmando. Comecei até a pensar melhor”. (Relato em reportagem à Revista Super Interessante, Julho, 1988)

E é com base nessa afirmativa de poder “pensar melhor”, que as avaliações diante dos incômodos que antes ficavam adormecidos, ganham consistência e realidade. O ex-fumante consegue compreender que ele é capaz de gerir suas coisas sem a presença da muleta que é o cigarro e, assim, passa a se sentir mais confiante. Seguro de si, recorda do cigarro sem ignorar todas as mazelas que o compõe, mesmo que ainda traga algum saudosismo.

Como efeito, as células respiram melhor e metabolizam melhor os alimentos, contribuindo para uma vida desintoxicada e saudável, plena de qualidade. E tal reflexo também alcança a saúde emocional, que sente-se mais disposta e menos vinculada ao vício sedutor x destruidor.

 

Foto: Divulgação

Por Marcela Ranier, psicóloga do TratBem.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *